pilula anticoncepcional 1 Anticoncepcional e acneMuitas mulheres que tem problemas com as espinhas e pelos vai se perguntar:  AS PÍLULAS AJUDAM NO COMBATE AS ESPINHAS? E se você já usou diversos cremes faz limpeza de pele porém elas não vão embora, A pílula anticoncepcional seria útil para meu caso?

Além de ajudar a mulher a decidir quando quer engravidar, a pílula anticoncepcional traz outros benefícios menos conhecidos. O uso do contraceptivo ajuda a reduzir a oleosidade da pele, contribui para o combate à acne e diminui a produção de pelos.

Isso acontece porque o anticoncepcional atua no organismo da mulher reduzindo os níveis de testosterona, hormônio masculino responsável pela produção de pelos e de glândulas sebáceas (que provocam espinhas e aumentam a oleosidade da pele)

Alguns anticoncepcionais podem melhorar o quadro de espinhas em mulheres, especialmente naquelas com síndrome de ovários policísticos. É uma opção quando a acne não melhora com tratamentos tópicos e quando a isotretinoína por via oral não será usada.


Como o Anticoncepcional pode favorecer a não aparecer mais espinhas?

O anticoncepcional funciona como tratamento de pele quando em sua composição existem hormônios com ação anti-androgênica. Esses hormônios bloqueiam a ação de hormônios andrógenos, ou hormônios masculinos, que toda mulher tem. Em algumas mulheres a pílula anticoncepcional elimina completamente as espinhas. Em outras, é conveniente combinar o tratamento com cremes de uso tópico.

Em quanto tempo verei os resultados?

Depois de 3 ou 4 meses usando o anticoncepcional, as espinhas diminuem ou desaparecem, e esse efeito continua enquanto o anticoncepcional estiver sendo usado. Mas, se sua tendência natural é ter espinhas, ao suspender a pílula as espinhas voltarão.

A pílula anticoncepcional pode ser tomada a qualquer hora do dia, porém, é importante que ela seja tomada sempre na mesma hora para evitar esquecimentos.

Importante saber:

Não são todos os anticoncepcionais que possuem essa propriedade e podem ajudar no combate a acne, apenas as pílulas com ação anti-androgênica;
- As pílulas atuam como coadjuvantes no tratamento de espinhas nas mulheres, sendo necessário o complemento com medicação e o acompanhamento do médico dermatologista e ginecologista.
- Muito cuidado com a automedicação! Antes de utilizar qualquer tipo de medicamento, é preciso conversar com seu médico! Afinal, toda medicação possui contra-indicações e seu uso sem prescrição é um alto risco para sua saúde!